Blog Casa Assombra

Apenas 1 e-mail mensal com notícias sobrenaturais.

Não enviamos spam. Apenas 1 e-mail por mês.

O inicio.

O inicio.
Existem muitas pessoas que gostam de histórias de terror, não é mesmo?
E conosco não é diferente, quando sentávamos com a nossa avó para ouvir “causos”, adorávamos ouvir os mais assombrados, onde qualquer barulhinho já fazia com que a gente se arrepiasse de tanto medo.
Mas o que jamais poderíamos imaginar é que em uma dessas histórias nós seriamos os personagens principais, digo, quase, afinal de contas quem roubava a cena de nossas vidas nesse caso eram os fantasmas e tudo o que aconteceriam a partir do momento em que nos mudamos para casa barulhenta!
Aqui você vai conhecer as histórias de uma casa que trouxe a assombração no seu mais real sentindo para o dia a dia da nossa família, contada pelos olhos de dois irmãos que vivenciaram na pele cada dia e principalmente cada noite na casa barulhenta!

E por que resolvemos te contar?

Porque durante anos a fio esse foi um segredo sentido e vivido por cada morador da casa de uma maneira quase que secreta, onde falar e mudar era de alguma forma proibido e impedido, pelas forças, fantasmas, assombrações, energia ou outra coisa a qual você queira chamar os seres que habitavam a casa barulhenta.
A cada relato, uma nova experiência, a cada dia o medo e loucura tomando conta da vida de uma família inteira, que chegou a questionar o quanto tudo aquilo era real ou não…
A casa barulhenta, traz histórias reais de uma família que procurava a felicidade e encontrou dias e noites que eram verdadeiros pesadelos…
…Por algum motivo eu não consigo me lembrar qual foi o dia em que nos mudamos para a casa Barulhenta, por mais que eu tente, não vem a minha mente…
Não sei se trabalhei e se não participei da mudança, ou se foi uma ferramenta da minha mente para tentar me fazer esquecer dos fatos assombrosos daquele local, fato é que não consigo visualizar como nos mudamos para casa vermelha (como minha mãe ainda a chama).
O antes sim, eu até consigo lembrar… minha mãe chegou e nos disse que iriamos mudar, eu, ela dois irmãos e um bebe de apenas poucos meses e acredite ou não, apenas concordamos, não fomos conhecer, não perguntamos como ela encontrou a casa, nada… pode parecer estranho e de fato é, mas simplesmente estávamos de mudança para aquela casa!
Naquela mesma noite minha mãe ainda nos pegou e levou até a casa… e estava tudo escuro, só me lembro do desenho da grade… como lanças pontudas, mais parecidas com dardos de um jogo de acertar o alvo.
O alvo, acredito que não tínhamos a menor ideia que o alvo eramos todos nós…
E na verdade estávamos felizes, afinal mudaríamos para uma casa maior, eu teria até o meu quarto e um quintal e acredito que nem perguntei muito sobre a casa… hoje pensando, talvez eu deveria ter tentado saber mais…
E em um piscar de olhos, colocamos o que tínhamos em caixas, sacos e sacolas e lá fomos nós com que tínhamos de mais preciosos, uns aos outros, todos morar na casa barulhenta.
Ela parecia que tinha sido desenhada por uma criança… sabe aquele desenho mais primitivo de uma casa com dois telhados, janelas na parte da frente e uma porta na lateral… essa era a nossa casa.
O que nós estaríamos prestes a descobrir muito em breve é que de um desenho infantil, essa casa não tinha nada, muito pelo contrário seus segredos eram enormes e estavam prestes a se revelar…
Todos em casa, ao cair da tarde, a mãe vira e diz… sabiam que já trabalhei aqui?
Começamos a rir e perguntamos, quando, como, nós não lembramos?
Ela disse, sim, eu cuidei de uma senhora aqui nessa casa e ela me batia com a bengala, meu quarto era aquele ali, apontou para onde agora era o quarto dos irmãos!
Demos risada e falamos, então acende uma velinha para ela, senão ela vai te bater com a bengala a noite…
Se é verdade? Ela jura que sim, se nós sabíamos desse emprego, nunca tínhamos ouvido da velha da bengala.

Artigos Relacionados

1 Comentário

  1. A casa barulhenta e uma boa história para publicar em livros, filmes e um site muito bom mas em livros filmes as pessoas poderiam ler e assistir melhor pq muitos como eu as vezes não temos internet pra ler por aqui, sei lá só uma dica mas muito bom espero ler mais sobre essas histórias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares